Posts Tagged ‘dia dos pais’

O velho Bilac

09/08/2012    Postado em Crônicas, Textos
 

Domingo é dia dos pais. Toda vez que lembro dessa data, duas memórias me vêm à mente. A primeira é o rosto do meu pai. A segunda, uma história que li há muitos anos, sobre o pai de Olavo Bilac. O velho Bilac sempre manifestou oposição direta àquilo que o filho fez na vida. Queria vê-lo médico, não conseguiu. Depois, Bilac tentou cursar Direito, mas também não levou adiante. Era poeta. Quando seu pai finalmente deixou este mundo, encontraram um volume do livro do filho, Poesias, lido e glosado. Não era apenas um volume guardado para memórias, o velho realmente conhecia o trabalho do filho. E admirava.

É importante conhecermos quem nos quer bem para sabermos de que maneira esse afeto se manifesta. Algumas pessoas têm a facilidade de conviver com gente que se expressa facilmente, mas isso me parece estar longe de ser a regra e, algumas vezes, o afeto se materializa de maneiras pouco convencionais – ou convencionais demais para notar-se facilmente. O velho Bilac tinha uma preocupação latente com o futuro do filho. Na cabeça dele, certamente, a carreira que Olavo seguiu não era boa o bastante para acalmar os temores de uma vida difícil. Ninguém parece ter visto isso, ou assim relatam os documentos que falam sobre o tema. No fim das contas, importa muito pouco a forma como esse afeto chega. O que realmente mostra sua força é a veemência, a presença, o silêncio confortante em um abraço firme e forte. E sabermos reconhecer que eles estão ali.

Sem Comentários