Archive for agosto, 2011

Férias!

31/08/2011    Postado em Diversos
 

Coliseu

Senhoras e senhores, lamento informar que, extraordinariamente, não teremos publicações nesta quinta. Nem na seguinte. Estamos às voltas com uma ocupação maçante e estressante, que é fazer caber edifícios antigos e enormes na telinha minúscula da câmera.

Até a volta!

Sem Comentários

Despertador

25/08/2011    Postado em Contos, Textos
 

Cala violentamente o despertador com um tapa certeiro à esquerda. Só mais cinco minutos. Tudo o que ela quer é dormir mais cinco minutos. E confia no seu companheiro barulhento para impedir que se atrase. Não devia. Ou devia ter um modelo que funcionasse a pilhas. A companhia elétrica, afinal, não é nem de perto confiável e, se o despertador funciona bem, ainda depende dela para simplesmente funcionar.

Leia Mais

Sem Comentários

Crupiê

18/08/2011    Postado em Crônicas, Textos
 

Cresci ouvindo que a gente aprende as coisas. Essa frase teve variações como “por bem ou por mal”, “pelo amor ou pela dor” e outras tantas, variando de acordo com meu interlocutor. Lógico que a época em que mais ouvi isso foi durante a adolescência, fase na qual eu não fui menos aborrescente que a média. A medida real do meu potencial de tirar a paz alheia naqueles dias eu não revelo nem sob tortura pesada. Nem se me tirarem meu café e a internet. Mas uma coisa eu posso dizer: era tudo verdade. A gente aprende por bem ou aprende na marra.

Leia Mais

Sem Comentários