Archive for janeiro 20th, 2011

Pasárgada

20/01/2011    Postado em Textos
 
(…)
E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
— Lá sou amigo do rei —
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada.
(Manuel Bandeira)

O sabiá nunca cantou em palmeira alguma. Aliás, eu não consigo pensar no que um pássaro teria perdido naquelas folhas finas e espaçadas para sequer pousar em uma. Mas nossa terra é rica. Rica em recursos e beleza naturais, em história e as pessoas que agora dela fazem parte, rica em legados culturais, na ciência, na música, na literatura e no cinema, essas jóias que nos foram deixadas por gente como Machado, Monteiro Lobato, Heitor Villa-Lobos, Clarice Lispector, Bilac, Oswaldo Cruz e tantos outros. Rica na sempre renovada criatividade de nosso povo.

Leia Mais

Sem Comentários